Especial E3 2012: Conferência da Sony

King mais uma vez na área, pessoal, já continuando a saga das conferências que rolaram na E3. Hoje é dia da Sony, mas não esperem por muita coisa, pois a apresentação foi bem pobrezinha, ao meu ver. O fato de ser uma das últimas conferências prejudica, e acho que esse foi o caso da Sony, conforme falarei mais abaixo. Pois bem, deixa eu começar.

A Sony veio a público com um video que, eu não sabia até aquele ponto, mas resumiria bem (quase) toda a apresentação: games, PS3, PSVita, PSMove e PSN. Nada de PS4 ou outras grandes inovações para os gamers. Passado o vídeo, Jack Tretton, presidente da SCEA, assume as rédeas como o apresentador do evento, papel este que já fez em várias outras edições do evento (sempre razoavelmente bem, por sinal). Confesso que fiquei preocupado quando ele falou: “primeiro de tudo, se esse vídeo não fez seu coração bater mais forte, veio ao lugar errado”. Pensei que talvez tivesse que deixar a conferência pra lá, pois o video não me empolgou muito. Mas tudo bem; ele sempre foi conhecido pela ladainha mesmo. Ainda bem que não o fiz, pois o que ele apresentou de cara foi realmente lindo.

Os minutos de blábláblá que antecederam a entrada de David Cage, da Quantic Dream, foram chatos, mas valeu a pena esperar. Se você vibrou na cadeira ao ler esse nome ou esse estúdio, sim, você pensou certo. A desenvolvedora, famosa pelo ótimo Heavy Rain, trouxe maiores detalhes do seu novo título: Beyond: Two Souls. Esse novo e ambicioso game trata da da questão de vida e morte, acompanhando todo o desenvolvimento da vida de Jodie Holmes, incorporada pela ótima atriz Ellen Page (X-Men 3, Juno, A Origem), e que tem uma ligação com Aiden, um ser que nem ela mesma sabe o que é. O vídeo mostrado é de cair o queixo: detalhes, nuances e trejeitos, tudo parece ter sido captado e colocado no game. Mas também o trailer induz o pensamento de que Beyond terá muito mais ação que Heavy Rain, o que pode não ser necessariamente verdade.

O próximo game é a tentativa da Sony de fazer um Super Smash Bros. PlayStation All-Stars Battle Royale foi exibido para o público e deverá ser um dos novos games com suporte ao cross-play entre o PSVita e PS3. Kratos, Sweet Tooth, Fat Princess e Sly Cooper pode até parecer empolgante pra você, mas a fórmula nem tanto. Os gráficos também não são tão legais, mas games pra portáteis costumam ser assim, então a gente pode dar um desconto. Além disso, há uma interação razoável com o cenário e a jogabilidade não é tão interessante, mas parece ser um daqueles games que costumam ser divertidos quando o jogamos, especialmente para os fãs de Smash Bros. Contudo, não me empolgou. Além dele, foi revelado o lançamento de um DLC para Little Big Planet 2, possibilitando cross-play entre o console e o portátil, e podendo transformar o Vita em um “controle melhorado”, aumentando jogabilidade e interação com o game.

Aí veio a sessão PSN do evento. Citou a grande quantidade de games disponíveis na plataforma, os milhares de dólares economizados pelos usuários do serviço PS Plus, distribuição de voucher de um ano de PS Plus de graça (parecendo político comprando voto), etc. Enfim, números, números, números e presentinho estilo “desculpem por não termos o que falar”. Citou também a viabilidade de jogar clássicos do PS1 no Vita, incluindo sucessos como Tomb Raider, Final Fantasy e Wild Arms e, por fim, os serviços disponíveis, como Netflix, ESPN, Amazon Instant Video e Facebook também para o Vita, além de YouTube e outros serviços de lá dos EUA.

Aveline

Aveline

Voltando aos games (ufa!), foram confirmados dois games para o portátil: Call of Duty Black Ops Declassified e Assassin’s Creed 3 Liberation, estrelando Aveline, a primeira protagonista mulher da série. Pra quem gosta da série e já tinha vontade de ter um Vita, a Sony vai lançar bundle do game com o primeiro Vita na cor “Crystal White” (ou, como prefiro chamar, branco!). A versão para PS3, então, aparece no evento, com Alex Hutchinson e Philippe Ducharme, da Ubisoft, subindo ao palco pra dar uma palavrinha sobre o game e, mais importante, mostrar como ele ficará no console. Alex exibiu um novo gameplay do AC3, dessa vez, no mar. Fiquei bastante curioso pela jogabilidade e preocupado com controles e, principalmente, com câmeras. De qualquer forma, gostei do que vi, mesmo a Ubisoft já tenha dado uma pista, com as “viagens marítimas” no Revelations, já que eles costumam “inovar” usando coisas do game anterior. Como já devem saber, AC3 (e o Liberation) sairá dia 30 de Outubro.

Foi a vez de Dan Hay subir ao palco, pra dar mais uma palhinha de Far Cry 3 para o público da E3, pra revelar: o game terá co-op de 4 jogadores e um editor de mapas, o que significa em muitas e muitas horas de multiplay e diversão. O gameplay executado no palco foi bem divertido e empolgante, embora a revelação tenha sido “mais do mesmo”, já que um co-op era esperado por todos.

Agora entra em cena o PS Move. Na verdade, não o PS Move, mas o Wonderbook, que foi a grande revolução usando o captador de movimento e o PS Eye, a câmera digital que capta gestos da Sony. Wonderbook é um livro interativo de realidade aumentada, que traz um novo e divertido modo de contar histórias. Para exemplificar isso, foi mostrado o “Book of Spells”, de J.K. Rowling, que, como o próprio nome diz, é um “livro de feitiços” do mundo de Harry Potter, que ensina as crianças várias magias usadas pelos magos da série da autora. É algo interessante, mas a grande questão é como algo assim atrairia um público exigente como nós, gamers. Honestamente, não tenho grandes expectativas para essa novidade, além de divertir nossos filhos e sobrinhos mais novos.

Wonderbook

Apresentação ao vivo do Wonderbook

Surgiu, enfim, como não poderia deixar de ser, o jogo mais esperado da conferência: God of War Ascension, que deve chegar às lojas no dia 12 de Março de 2013. Honestamente, não vi muita diferença para os games anteriores: continuam os gráficos interessantes, a mesma jogabilidade e os mesmos controles e Kratos “segurando as Areias do Tempo” (ok, alusão a Prince of Persia já garantida). Ainda assim, o gameplay animou bastante o público.

Mas, se vc pensou que esse seria o fim da conferência, se enganou. O gameplay de The Last of Us foi apresentado e foi algo realmente muito bom. Claro que, ao bater o olho, você nota toda a jogabilidade de Uncharted presente no game, mas o survival horror com dilemas psicológicos do enredo devem atrair até os menos fãs do gênero (zumbis são superestimados). A Naughty Dog, desenvolvedora do game (por isso, a própria similaridade entre os jogos citados), deve fazer mais um ótimo trabalho aqui.

Destaques da apresentação: Beyond: Two Souls e The Last of Us, sem dúvidas, foram a grande atração do evento, superando qualquer expectativa que o God of War Ascension poderia ter causado aos fãs antes do evento. Os dois são realmente games bastante promissores. Menção também ao trabalho aplicado ao Wonderbook, uma ideia bastante inovadora da Sony.

Problemas da apresentação: eu, particularmente, esperava bem mais da conferência. Nenhuma grande novidade (exceto, talvez, o Wonderbook, mas que tem um foco aparentemente mais infanto-juvenil) foi revelada e até dá a entender que a Sony está mais focada em outros âmbitos, como a construção do PS4. O próprio projeto, inclusive, não foi sequer citado em toda a apresentação, o que deve ter frustrado diversos jornalistas e consumidores da marca. A própria grande inovação, o Wonderbook, é limitada: pelo jeito, a interação ideal com o produto seria apenas com a utilização do PS Move e do PS Eye. Realmente frustrante.

Anúncios

2 comentários em “Especial E3 2012: Conferência da Sony

Deixe seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s