“So long and thanks for all the fish”

Demorei muito para escrever isso. Devo confessar: espero que seja um até logo, não um adeus.

Há dois anos atrás, eu criei esse blog, com um simples intuito: resumir minhas opiniões comumente requisitadas por amigos em um só lugar. Todo dia, era um “King, você viu tal jogo?”, “velho, sabe se esse jogo é bom?” ou “cara, quando sai jogo X?”. Então, resolvi concentrar isso em um só lugar e, assim, todo mundo que vinha me perguntar algo, eu simplesmente dizia: veja o blog. Foi dessa forma que surgiu o Press A Key. Na verdade, foi assim que surgiu o Press A Key Brasil, já que, quando fui procurar se o nome existia para que eu pudesse registrar, achei um blog alemão, mas enfim.

Gostei de todos os dias em que atualizei aqui. Em cada dia desses dois anos, eu pude aprender algo, não só do mundo dos games. Aliás, desse mundo, devo dizer, nem sei se aprendi muito, mas gostei muito de tudo que aprendi. Mas aprendi muito do meu trabalho e da vida. Sempre achei que não tinha o menor talento para webdesign, mas o blog me ensinou que estava errado. Aprendi, meio que forçadamente, WordPress, HTML e CSS, incluindo as versões 5 e 3, respectivamente, coisas que nunca senti motivação em aprender, até o blog aparecer e me motivar como louco. Detestava o Photoshop. O Dreamweaver era um saco. Nunca gostei de PHP. Pra que eu iria querer uma página no Facebook? Mas aí, o blog veio do meu lado e disse “ei, por que não abrir caminhos?”. Edição de áudio? O blog me ensinou a correr atrás de coisas novas. Aprender tudo isso foi sinônimo de paciência, motivação, diversão e inovação, coisas difíceis de se ter hoje em dia em um trabalho. E sim, o Press A Key foi um trabalho. Com certeza, o melhor que já tive até hoje.

Mas foi um trabalho solitário, árduo e, infelizmente, sem resultados. Tudo nesse site foi feito por mim: layout, administração, manutenção, pesquisa de material, “jornalismo”, reviews, gravação e edição de áudio. Tudo, exceto um post do Jean, claro. Domínio comprado que, infelizmente, não deu tempo de usar. Dois layouts desenvolvidos, um que não será usado. Gravação e edição dos podcasts, que sempre tomam um tempinho que nem sempre pude ter. Todas as despesas pagas, mesmo sem entrar nenhuma receita. Alguns de vocês podem me perguntar como aguentei dois anos. A vocês, respondo: quando você gosta do que faz, toda ralação e sofrimento vira diversão.

Só que tenho contas para pagar. Não tenho mais tanto tempo disponível. E confesso: me sinto cansado, muito cansado. Cansado de uma luta diária e isolada. Cansado de ser enganado. Cansado de ser exigido por algo que não é deles, mas meu. Cansado de achar que posso continuar, mesmo sem poder há muito tempo. Mas não consigo largar essa paixão, por mais que eu queira. Sendo assim, decidi que vai voltar a ser o que era: um blog. Nada de atualizações diárias ou semanais. Nada de ideias mirabolantes e inovadoras. Nada de esforços além das minhas capacidades. Nada disso. Serei eu e minha diversão, meu hobby. Espero que aceitem o exposto.

Talvez transforme o blog em um site somente para o podcast. Ou talvez volte como um site de verdade, do jeito que alguns de vocês esperavam. Mas, por enquanto, ele será isso: meu hobby preferido.

P.S.: Como nunca fugirei do mundo dos games, estou envolvido no desenvolvimento deles, com alguns projetos já em mente. Espero um dia ver vocês comentando sobre algum deles por aqui.

P.S.2: Agradeço a Adelson por todo o apoio e suporte dado, mesmo estando tão longe. Muito obrigado.

shutdown

Anúncios

2 comentários em ““So long and thanks for all the fish”

  1. Pingback: Voltando das cinzas | Press A Key

Deixe seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s